Detalhe do Artigo

Breve história do LED
June 1, 2018, 5 p.m.

A primeira descrição sobre a eletroluminescência, o princípio básico dos LEDs, foi escrita por Henry Joseph Round em 1907, ao observar que certos semicondutores emitem luz quando uma corrente elétrica passa por eles.

Em 1962, o pesquisador Nick Holonnyak Jr., desenvolveu o primeiro LED capaz de emitir uma luz visível, vermelha. LEDs verdes e amarelos não demoraram a aparecer (1971), e a tecnologia ficou limitada a essas três cores durante décadas.

Nos anos 80, tecnologias de semicondutores permitiram que os LEDs diminuíssem, ganhando novos formatos e intensificando o brilho da luz. Nessa época, começaram a ser utilizados em semáforos.

O marco na aplicabilidade dos LED só foi em 1993, quando o pesquisador japonês Shuji Nakamura inventou o primeiro LED azul de alto brilho. A importância dessa descoberta foi tanta que possibilitou a criação do LED branco, mas isso só ocorreu em 1995.

Desde então, o LED tem passado por várias modificações em sua forma de aplicação e em 1998 foi lançada a primeira luminária de uso em arquitetura. Em 2008, a Light & Building, maior feira de iluminação do mundo em Frankfurt, Alemanha, mostrou uma grande aplicação dos LEDs em várias situações.

Hoje, o LED pode ser encontrado em várias aplicações, como de iluminação pública, residencial, comercial, em paisagismo, iluminação de destaque, entre outras tantas formas. A tecnologia LED ainda promete uma solução cada vez mais eficiente, econômica e sustentável.

Tags